-->












Moro mantém posicionamento e declara que presos devem permanecer no sistema carcerário nesse período de Coronavírus







O ministro Sergio Moro condenou, no seu Twitter, a soltura de milhares presos de grupos de risco durante a pandemia do coronavírus.

Com um posicionamento bastante coerente em relação aos condenados pela justiça, Moro pensa que de certa forma soltando os presos, outros problemas sociais surgirão, como roubos, assassinatos entre outros males.






Assim  ele escreveu:



"A Recomendação 62/CNJ deixa aos juízes a apreciação dos casos de soltura e duvido que o objetivo seja colocar em liberdade ou em domiciliar criminosos perigosos.Juízes deveriam manter presos homicidas, membros de quadrilhas, entre outros. Não há  infectados."




Segundo o Ministério Público, entre os mais de dois mil presos do Paraná que deixaram a cadeia por causa da pandemia há criminosos que cometeram homicídios e estupros.




Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo