Depois de ser chamado de "BOSTA" por Bolsonaro João Dória fica atônito e popularidade do presidente só aumenta






A esquerda e centro-esquerda não têm do que acusar o presidente da República Jair Messias Bolsonaro, por este motivo, todos os líderes políticos estão a cada dia mais desesperados com a popularidade do presidente.

O máximo que seus adversários podem acusar, é de usar palavras ditas como foi no caso do chefe do executivo  de São Paulo, João Doria (PSDB), que reagiu às declarações feitas por Bolsonaro em reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril.




No encontro, Bolsonaro se refere aos governadores João Doria (PSDB) e Wilson Witzel (PSC) como “bosta” e “estrume”, respectivamente.
Nas redes sociais, o tucano escreveu: “O Brasil está atônito com o nível da reunião ministerial. Palavrões, ofensas e ataques a governadores, prefeitos, parlamentares e ministros do Supremo, demonstram descaso com a democracia, desprezo pela nação e agressões à institucionalidade da Presidência da República”, disse o pequeno Dória.

“Lamentável exemplo em meio a maior crise de saúde da história do país e diante de milhares de vítimas”.


O psdbista já sacou que a população apoia as ações do presidente Bolsonaro e por este motivo, deseja veementemente desgastar sua imagem, detonando-o nas redes sociais, porém sem sucesso.


Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo