Gabriel Monteiro abandona MBL por não vê mais seus vídeos em defesa do presidente Bolsonaro | Kim tentou amenizar o derretimento do grupo





O policial militar Gabriel Monteiro que faz parte do Movimento Brasil Livre MBL do Rio de Janeiro, resolveu abandonar o grupo formado principalmente por Kim Kataguire, Arthur do Val entre outros, por não vê seus vídeos em defesa do presidente Bolsonaro em suas plataformas digitais.

Monteiro diz que sua vida no MBL, foi pautada no apoio ao presidente Bolsonaro e agora todos falam mal do chefe do executivo, bem como adotaram a censura de seus vídeos.






"Fiquei 12 meses no MBL, após eles apoiarem a eleição do JB. Não exerci nenhum cargo dentro de comando, era livre para fazer meus vídeos. Quando vi que meus vídeos de apoio ao presidente Bolsonaro não estavam mais sendo publicados e que mudaram  certos atos, deixei o movimento" fustigou Monteiro.


Depois da corajosa decisão do PM, um dos líderes do Movimento Brasil Livre, Kim Kataguiri, fez agradecimento, na tentativa de amenizar o derretimento do grupo de jovens que se bandearam pro lado do centrão.





Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo