Jornalista do grupo O Globo Anselmo Gois comete racismo contra Sérgio Camargo e movimento negro se cala








O jornalista do grupo O Globo e apresentador do programa "De Lá Pra Cá" da TV Cultura Anselmo Gois disse em matéria publicada no jornal o Globo, que o presidente Jair Messias Bolsonaro convidou Sérgio Camargo um negro de livre pensamento e de vieis direitista, presidente da Fundação Palmares, para almoçar com a secretária de Cultura , Regina Duarte.

O presidente Bolsonaro queria tão somente criar um clima de paz entre Regina e Camargo. Ocorre que Gois interpretou de maneira racista o encontro.

Ele comparou Sérgio Camargo a cachorra Koni, do presidente da Rússia, que usou a cadela para constranger Merkel durante o encontro.

Ninguém viu o movimento negro se compadecer com tal atitude. Isso é crime inafiançável!









Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo