Presidente Bolsonaro sai na frente e convida general Pazuello para Ministério da Saúde






O presidente da república Jair Messias Bolsonaro, sempre sai na frente daqueles que pensam em abandonar o barco de seu governo. Assim como aconteceu com o ex-juiz, Sérgio Moro, Bolsonaro fez também com Teich.

Assim com a demissão de Nelson Teich  pela discordância em relação ao uso da cloroquina para tratamento da Covid-19, Jair Bolsonaro já teria convidado o general Eduardo Pazuello para assumir o Ministério da Saúde.

Pazuello, que foi colocado como número 2 da pasta para tutelar o ministro, já teria dito que aceita assumir o cargo, segundo informações da coluna Radar, da revista Veja.




‌Teich se colocou na linha de tiro após se colocar com cautela sobre o uso de cloroquina para tratamento do coronavírus. Contrariado, Bolsonaro desautorizou publicamente o ministro e marcou uma reunião fora da agenda nesta quinta-feira (14) para falar sobre o assunto.

Ele Teich iria completar um mês neste domingo 17, em frente o Ministério da Saúde, porém não se alinhou ao pensamentos do presidente. 

Nós que votamos no presidente Bolsonaro, seguimos a voz do capitão e sabemos que o presidente não visa somente a pandemia, mas também a economia. Para ser igual a Mandetta não dá. Se é para repetir a cartilha do ex, cai fora.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo