Dias Toffoli rejeita pedido de impedimento para julgar inquérito das fake news






Dias Toffoli rejeitou pedido do Instituto dos Advogados do Brasil para que ele fosse impedido, junto com Alexandre de Moraes, de julgar a ação que pede a suspensão do inquérito das fake news.

No início da sessão, o advogado Felipe Martins Pinto pediu o afastamento, pelo fato de Toffoli ter instaurado o inquérito e escolhido Moraes para tocar a investigação, no ano passado.





Toffoli argumentou que a entidade, que participa do julgamento como terceiro interessado, não tem legitimidade para fazer o pedido.

As partes do processo, segundo ele, também não pediram, formalmente, o impedimento ou a suspeição dentro do prazo legal, que termina com o início do julgamento.

“A extemporaneidade é clara. Não é parte legítima, não houve forma, nem foi feito a tempo”, disse.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Siga-nos no Twitter:



Fechados com Bolsonaro! 🇧🇷🤝
Grupo Público · 9.049 membros
Participar do grupo